Antonio Archangelo

Em plena sexta-feira, 13, as denúncias sobre supostos funcionários “fantasmas” chegam agora à Prefeitura de Rio Claro. De acordo com o promotor de Justiça, André Vitor de Freitas, uma investigação, em fase de conclusão, aponta para um comissionado do governo Du Altimari que, mesmo nomeado, não estaria aparecendo para exercer a função de “Assessor Especial de Diretoria” na Secretaria de Planejamento, Desenvolvimento e Meio Ambiente (Sepladema).

“Recebemos notícia de que o indivíduo conhecido como Zão seria nomeado para cargo em comissão na Sepladema – Secretaria de Planejamento, Desenvolvimento e Meio Ambiente da Prefeitura de Rio Claro, mas que não comparecia ao seu trabalho. Com apoio da Polícia Civil, identificamos ‘Zão’ como Antônio Uchoa Ribeiro, proprietário de um bar localizado na Avenida 76, no Santa Maria. A prefeitura informou que Antônio efetivamente é ocupante do cargo em comissão denominado Assessor Especial de Diretoria, nomeado em 01/03/2013, devendo cumprir carga horária de 40 horas semanais junto à Sepladema O salário médio de Antônio no referido cargo gira em torno de dois mil e seiscentos reais”, comenta o promotor ao Jornal Cidade.

De acordo com a investigação, “Zão” tomava conta de seu bar durante horário de expediente na Sepladema (Foto: Google ST)
De acordo com a investigação, “Zão” tomava conta de seu bar durante horário de expediente na Sepladema (Foto: Google ST)

De acordo com o Ministério Público, Zão “permanecia o dia todo em um bar de sua propriedade, conhecido como ‘Bar do Zão’”. Com posse das informações, a promotoria solicitou apoio à Polícia Militar “no sentido de diligenciar no bar acima mencionado, em dias e horários diversos, visando eventualmente constatar a presença de Antônio Uchoa Ribeiro no referido local.

Realizadas diligências entre os dias 10 e 26 de maio de 2015, em pelo menos uma ocasião, no dia 15, por volta de 10h30, Antônio Uchoa Ribeiro se encontrava no referido bar atendendo seus clientes. Consta ainda do mesmo relatório policial que no dia 25/05 foram encontradas e apreendidas três máquinas caça-níqueis no referido estabelecimento comercial, fato este objeto de Termo Circunstanciado já distribuído ao Jecrim local.

>>> Aldo e Chedid acusados de manterem “fantasmas”; ouça entrevista à Rádio Excelsior JP News

Foi solicitado também novo apoio à Polícia Civil para diligenciar no mesmo bar outras vezes, tendo Antônio sido flagrado no referido comércio em pleno horário de trabalho dele perante a Sepladema, conforme relatórios e fotografias existentes nos autos”, revela o promotor. “Antônio Uchoa Ribeiro é filiado ao Partido dos Trabalhadores – PT desde setembro de 2011, tendo sido indicado ao cargo em comissão por Olga Salomão, vice-prefeita de Rio Claro, a quem Antônio está subordinado na Sepladema. Estamos concluindo as investigações mediante rastreamento das ligações telefônicas feitas com o celular de Antônio. Com a conclusão destas diligências, serão propostas as ações judiciais cabíveis”, conclui Freitas.

Na tarde dessa quinta-feira (12), a reportagem localizou Antônio na Sepladema. Ele nega que seja funcionário fantasma. “Não procede [a denúncia], estou aqui dentro da Sepladema. A denúncia foi feita, mas já entramos com processo contra o denunciante”, disse ao citar que é assessor da pasta há três anos. “Entro às 7h30 [fico até] as 11h30 e das 13h às 17h”, concluiu o assessor.

A vice-prefeita Olga Salomão não retornou a ligação da reportagem. Já a prefeitura cita que “não tem funcionários fantasmas”. “O referido funcionário cumpre seu horário de expediente, conforme ficou demonstrado em inquérito civil instaurado para apurar a denúncia, feita com base em informações infundadas.”