A Prefeitura de Rio Claro informou nessa terça-feira (21) que a Secretaria Municipal de Obras está tomando as providências necessárias para dar continuidade à licitação para novos investimentos na recuperação asfáltica. Conforme informado pela coluna Farol JC, na semana passada, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) novamente determinou a suspensão de um dos editais milionários publicados para a contratação de uma empresa para executar obras de recuperação asfáltica em dezenas de bairros da cidade.

A licitação, orçada em R$ 31,6 milhões, foi impugnada após uma nova representação contra o edital na Corte. Diante disso, o conselheiro Sidney Estanislau Beraldo determinou a suspensão até decisão final do próprio TCE. A abertura dos envelopes estava programada para o último dia 15 de junho, o que acabou não acontecendo.

Na sessão de segunda-feira (20), a Câmara Municipal debateu a necessidade de obras de tapa-buracos nas regiões da cidade. Requerimento de autoria do vereador Rafael Andreeta (sem partido) foi aprovado e solicita uma ‘força-tarefa’ a fim de tapar buracos em bairros como Jardim Brasília e Jardim Guanabara. “Agora é a hora de pavimentar a cidade, estamos no tempo seco, não está chovendo”, declarou. Parlamentares como Sivaldo Faísca (União Brasil), Diego Gonzales (PSD), Paulo Guedes (PSDB), Moisés Marques (PP) e Rodrigo Guedes (União Brasil) também destacaram a demanda de serviços deste tipo e fizeram cobranças à Prefeitura.

A administração municipal comunicou ontem, também, que neste momento a Prefeitura faz serviços de reparo asfáltico com três equipes próprias e uma contratada. O objetivo é, em breve, ampliar o número de equipes. Nessa terça-feira uma equipe trabalhou no bairro Nova Rio Claro, outra na Rua 3-A com Avenida 36-A, a terceira na Avenida Brasil com Avenida 36-A, e a quarta equipe atende vários trechos da Vila Alemã.

Obras

Expectativa é de que nas próximas semanas o problema envolvendo a licitação seja solucionado e a empresa contratada para as obras.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Política:

Servidores aprovam índice de 8% para o reajuste

Cordeiro faz repasse de verbas para entidades