As proprietárias do imóvel que havia sido alugado pela Secretaria Municipal da Educação na Rua 11, para abrigar a Escola Marina Cyrino, contataram a reportagem para alegar que até o momento o prédio ainda não foi oficialmente devolvido. De acordo com Carla Lora, advogada da locadora, haveria multa a ser paga pelo município pela quebra do contrato fechado anteriormente, além de gastos com demais interferências no imóvel. Ela afirma que, apesar de tardia a resposta ao poder público sobre mudanças no contrato, lamentou a não resolução da questão.

“Entre contas atrasadas estão as como de energia elétrica e água. A imobiliária apresentou os cálculos. Valores de reparos necessários no imóvel. Deixaram o local com reparações e manutenção a fazer, o que gerou gastos. Somando tudo isso à multa contratual, deverão pagar dois aluguéis por quebra de contrato e o valor ultrapassa R$ 60 mil. Já havíamos aceitado valor menor da proposta do perito. Simplesmente suspenderam o contrato e deixaram a escolinha sem imóvel próprio pela desistência da compra”, comunicou.

A reportagem consultou a Secretaria Municipal de Educação, a qual informou que o assunto está sendo resolvido dentro dos trâmites legais, para que o proprietário do imóvel receba o que lhe é de direito. Em junho, o JC revelou que o prédio seria devolvido.

No ano passado, as famílias dos alunos procuraram o JC para demonstrar desconforto com a estrutura alugada com dispensa de licitação por um prazo de 36 meses, num contrato total de R$ 554,4 mil, quase R$ 15 mil mensais. Desde então, além dos pais das crianças, a Câmara Municipal também se manifestou contrariamente ao contrato. Atualmente, a escola funciona na Rua 8 entre as avenidas 23 e 25, com aluguel de R$ 7.200,00 mensais.

RELEMBRE ABAIXO OUTRAS MATÉRIAS, QUE FORMAM UMA LINHA DO TEMPO SOBRE O CASO:

22/10/2021: Prédio escolhido para Escola Municipal é alvo de indignação de pais em Rio Claro

16/12/2021: Prefeitura anuncia compra de prédio da E.M. Marina Cyrino após impasse com pais de alunos

01/06/2022: Prédio alugado por mais de 15 mil para escola que não funcionou no local será devolvido

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Política:

Provável apoio de Tebet a Lula abre disputa no MDB

Ciro acompanha PDT e anuncia apoio a Lula no 2º turno