Imagem de Arquivo/Eixo-SP/Divulgação

RENATO CARVALHO

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) publicou no Diário Oficial desta quarta-feira (14) a aprovação do reajuste em pedágios de rodovias paulistas. As altas chegarão perto de 12%, como nos casos de vias movimentadas, como Anchieta, Imigrantes, Anhanguera, Bandeirantes e Rodoanel. As novas tarifas valem a partir da 0h00 da próxima sexta-feira, 16.

No sistema Anchieta-Imigrantes, quem sai da capital paulista para o litoral sul passará a pagar um pedágio de R$ 33,80. As duas rodovias são administradas pela EcoVias, controlada pela EcoRodovias.
Nas rodovias Anhanguera e Bandeirantes, administradas pela concessionária Autoban, da CCR, os pedágios cobrados vão de R$ 7,80 a R$ 11,80 para carros de passeio, com variação no valor em cada ponto de cobrança. O reajuste aprovado para essas vias é de 11,73%.

No caso do Rodoanel, no trecho Oeste, administrado pela CCR, o pedágio passa a ser de R$ 2,80 a partir de sexta, enquanto nos trechos Sul e Leste, da SP Mar, controlada pelo Grupo Bertin, os valores passam a ser de R$ 4,30 e R$ 3,30, respectivamente.

Segundo a Artesp, os contratos de concessão destas rodovias têm como indexador o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo). O aumento leva em conta a inflação acumulada entre junho de 2021 e maio de 2022.

As concessionárias Tebe, Intervias, Triângulo do Sol, Renovias e Colinas, que administram estradas no interior de São Paulo, vão reajustar seus pedágios em 10,72%, com contratos indexados pelo IGP-M (Índice Geral de Preços-Mercado).

Segundo a Artesp, a correção anunciada nesta quarta-feira estava prevista para entrar em vigor em julho, mas foi adiada pelo governo de São Paulo, “devido à sensível conjuntura econômica existente na ocasião, com alta inflação e alta desenfreada dos preços, em especial, de combustíveis, que causaram efeito cascata no bolso do consumidor”, diz a agência reguladora.

Mais em Dia a Dia:

Fim de semana com diversidade climática em Rio Claro

Alunos fazem passeata contra a dengue no Grande Cervezão