ASSIM FICA DIFÍCIL: como se não bastasse o mato alto, deformidades em alguns trechos também preocupam

Sidney Navas

ASSIM FICA DIFÍCIL: como se não bastasse o mato alto, deformidades em alguns trechos também preocupam
ASSIM FICA DIFÍCIL: como se não bastasse o mato alto, deformidades em alguns trechos também preocupam

Rio Claro tem hoje mais de 25 quilômetros de ciclofaixas e outros cinco de ciclovias, interligando diversas regiões do município e facilitando então a locomoção de quem usa as bicicletas, quer seja para trabalhar ou em momentos de lazer. Mas em alguns locais o espaço destinado aos ciclistas vem sendo tomado pelo mato alto e também apresentam algumas deformidades em determinados trechos, formando perigosos buracos como acontece, por exemplo, no dispositivo de segurança instalado ao longo da Avenida Brasil, na região do Distrito Industrial.

Quem passa por lá não está nem um pouco satisfeito com o cenário que encontra. É o caso do ciclista Clayton Purcimo de Oliveira. “Passo por aqui durante toda a semana e a falta de limpeza e manutenção chega a impressionar. Os buracos tendem a aumentar com o passar do tempo caso não sejam fechados”, observa. Ele critica ainda a falta de respeito das pessoas que usam a área onde deveriam circular apenas as bicicletas. Ele se refere aos esportistas que aproveitam para correr ou caminhar nas ciclofaixas.

“Esse problema é ainda maior no começo da manhã e no final da tarde. Acredito que aqui não é o lugar mais indicado para caminhar ou correr. Isso é uma ciclofaixa e não uma pista de cooper. Temos que ficar desviando das pessoas”, dispara Clayton. Quem também reclama é o estudante Guilherme Silveira. “Penso que não custa nada providenciar a limpeza e corrigir essas imperfeições no solo. É perigoso e alguém pode se machucar em caso de queda”, lembra o jovem estudante. Questionada a respeito das queixas, a Prefeitura Municipal, por intermédio de sua assessoria de imprensa, garante que irá enviar uma equipe da Secretaria de Mobilidade Urbana para verificar o que está acontecendo e apresentar uma solução. É o que todos esperam.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Notícias:

Pharoah Sanders, saxofonista e lenda do jazz, morre aos 81 anos

Cresce número de crianças registradas por mães solo

JC nas Eleições debate dificuldade para Rio Claro eleger deputados