Eleitores que não votaram durante três turnos seguidos devem regularizar título sob pena de cancelamento

Lucas Calore

Está aberta a convocação para que os eleitores compareçam aos cartórios eleitorais para regularizar a situação do título. O eleitor que não providenciar poderá perder o documento. Em Rio Claro são mais de dois mil eleitores irregulares.

Segundo Guilherme Taufic, chefe da Zona Eleitoral 110, “aqueles que deixaram de votar ou justificar ou, ainda, pagar multa, durante três turnos consecutivos”, deve fazer a regularização. O prazo para isso é até o dia 2 de maio. A ação dos cartórios acontece em todo ano em que não há eleição.

Justificativa

Existe a possibilidade do eleitor ainda justificar a ausência nas urnas. “Se for por motivo de viagem ao exterior, a pessoa tem até 30 dias após o retorno para fazer a justificação. Fora essa hipótese, já que a justificativa para outros motivos pode ser feita até 60 dias após a eleição, há a necessidade de o eleitor pagar uma taxa”, explica Taufic.

O eleitor deve comparecer ao cartório eleitoral de preferência de sua inscrição, ou imprimir a guia de multa no site do TSE (www.tse.jus.br), onde será feito um cálculo do valor da soma dos turnos em que deixou de votar e pagar em bancos ou caixas lotéricas. Depois, é obrigatório ir até o cartório para apresentar o comprovante da quitação de multa perante a Justiça Eleitoral.

Pena

“O eleitor que após esse prazo não tiver regularizada a situação terá o título cancelado. Como consequência, a pessoa poderá ter problemas com o CPF, terá impedimento para se matricular em universidade pública, para assumir cargo de concurso público”, detalha. Para renovar ou emitir o passaporte, entre outras situações, também pode acarretar impedimentos.

Zonas

Na Zona 110, 1.164 eleitores estão na situação de três turnos consecutivos sem votar. O cartório fica na Rua 8, entre avenidas 5 e 7, nº 819.

Já na Zona 288, que fica na Avenida 13, nº 634, entre ruas 5 e 6, são 997 eleitores com pendência.

Por fim, na Zona 245, 375 eleitores das cidades da microrregião estão irregulares. O cartório fica na Rua 14, nº 521, entre avenidas 11 e 13.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia: