Lula é recebido pelo Papa Francisco em Roma

343

Depois de ter se encontrado nesta quinta-feira (13) com o papa Francisco, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou em Roma que “a ganância dos interesses empresariais e financeiros” é responsável pela revogação de conquistas dos trabalhadores e pelo aumento da desigualdade no mundo. Lula denunciou a “má vontade dos governantes” diante da questão ambiental e exortou os jovens a “lutar para garantir o seu espaço e o seu futuro no planeta terra”.

De acordo com informação do site oficial do ex-presidente, Lula foi recebido pelo papa em audiência privada na residência Santa Marta, no Vaticano, durante cerca de uma hora. Foi o primeiro encontro dos dois líderes, que haviam trocado correspondência em 2018, quando Lula cumpria prisão ilegal em Curitiba. Em entrevista, o ex-presidente destacou os pontos principais da audiência: o combate à desigualdade, que será tema em março de um encontro mundial de jovens economistas convocado pelo papa, e também a questão ambiental.

3 COMENTÁRIOS

  1. LULA SEMPRE FOI MUITO RELIGIOSO, EM CADA NEGOCIAÇÃO INTERMEDIADA POR ELE VIA BNDES PARA REALIZAÇÃO DE OBRAS EM PAÍSES COMUNISTAS, ELE SEMPRE LEVAVA UM TERÇO…
    #LULANACADEIA

Qual sua opinião? Deixe um comentário: