Ramon Rossi

Araras promove durante o mês de janeiro a Campanha Mundial de Luta Contra a Hanseníase, conhecida também como Janeiro Roxo. As ações, de acordo com a Prefeitura, contam com diversas atividades educativas, palestras e busca ativa de possíveis casos da doença e têm como principal objetivo conscientizar a população sobre os sinais e sintomas da hanseníase, assim como a importância do tratamento.

Com o slogan Todos Juntos no Combate à Hanseníase, a Campanha contará com adoção da cor roxa em unidades de saúde, afixação de cartazes e panfletagem, distribuição de material educativo, além de palestras e busca ativa em diferentes locais da cidade.

A hanseníase é uma doença infecciosa causada pelo bacilo de Hansen e tem cura. O tratamento, no Brasil, é gratuito e dura de 6 a 12 meses. A doença é transmitida por meio das vias respiratórias, por tosse e espirro, e manifesta-se geralmente com o aparecimento de uma ou mais manchas esbranquiçadas, avermelhadas ou amarronzadas em qualquer parte do corpo com diminuição ou perda da sensibilidade ao calor, à dor e ao tato (dormência), formigamento, fraqueza, caroços e inchaços no corpo, em alguns casos avermelhados e doloridos, engrossamento do nervo que passa no cotovelo, dor e sensação de choque, fisgadas e agulhadas ao longo dos nervos dos braços, dor e dormência em pernas e pés.