Grupo da Unesp realiza Semana da Integração

67

Divulgação

O grupo Coletivo Calisto – Sexualidades Livre realiza nesta semana, na Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Rio Claro, a Semana da Integração, que conta com palestras, minicurso, oficina e sessões de cinema.

O evento é aberto, gratuito e não requer inscrições antecipadas. Basta comparecer nos horários indicados para as atividades que desejar e chegar com no mínimo 15 minutos de antecedência. Confira a programação abaixo. Mais informações no evento do grupo no Facebook.

– Segunda-feira – 01º/09

14h às 18h – Minicurso “Introdução e História da Sexualidade”

Local: Sala 11 – Instituto de Biociências

20h às 23h – “Sessão Avisado” – Exibição de filme e discussão posterior

Local: Anfiteatro I – Instituto de Biociências

– Terça-feira – 02/09

14h às 17h – Palestra “Movimento do Arco-íris: história, sexualidade, vivência e legislação” com Régis Márcio Vascon (abertura de debate em seguida)

Local: Anfiteatro II – Instituto de Biociências

20h às 23h – “Sessão Avisado” – Exibição de curtas e discussão posterior

Local: Anfiteatro I – Instituto de Biociências

– Quarta-feira – 03/09

14h às 17h – Palestra “Desenvolvimento como liberdade e homofobia: Um estudo de caso em uma escola LGBTTT” com Renan Antônio da Silva (abertura de debate em seguida)

Local: Anfiteatro II – Instituto de Biociências

– Quinta-feira – 04/09

14h às 17h – Oficina de Experimentação/Expressão Corporal

Local: Sala 22 – Instituto de Biociências

17h às 18h – Encerramento

Sobre o grupo

O Coletivo Calisto é uma organização horizontal e centralizada, com reuniões presenciais periódicas, sediadas inicialmente na Universidade Estadual Paulista “Julio de Mesquita Filho” (UNESP), campus de Rio Claro.

O grupo tem como princípios o combate a toda forma de opressão e discriminação, em específico o sexismo e a normatividade de comportamentos e identidades sexuais e corporais. Além de defender e promover a liberdade de manifestação de identidades, afetos, corpos e sexos, bem como toda forma de sexualidade que não interfira sobre a liberdade e autonomia de outros indivíduos.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: