Greve: bancários se reúnem no Jardim Público

85

Carine Corrêa

A partir desta terça-feira (6) os bancários de Rio Claro paralisarão as atividades por tempo indeterminado. A decisão foi tomada em votação em assembleia geral extraordinária realizada na última sexta-feira (2). A categoria irá se encontrar no Jardim Público nesta terça às 10h para repassarem as pautas e discutirem as reivindicações dos trabalhadores.

“Iniciamos a campanha mais cedo, porque no ano passado ficamos presos na negociação o mês de setembro inteiro. Começar mais cedo implica em terminar mais cedo as negociações, beneficiando assim a categoria. No ano passado recebemos os benefícios reivindicados somente em novembro”, comentou na ocasião Reginaldo Lourenço Breda, presidente do Sindicato dos Bancários de Rio Claro.

A Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) apresentou um índice de reajuste salarial de 6,5% e disse que seria o limite a ser oferecido. Os bancários recusaram em votação o índice sugerido pela Fenaban. O reajuste reivindicado pela categoria é de 14,78%.

Outras pautas

Além do reajuste de 14,78%, a categoria reivindica PLR de três salários mais R$ 8.317,90, defesa do emprego, combate às metas abusivas e ao assédio moral, fim da terceirização e defesa das empresas públicas.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: