Estudo para PPP no antigo Horto Florestal deverá ser feito pela FGV

490

A Floresta Estadual ‘Edmundo Navarro de Andrade’, o antigo Horto Florestal de Rio Claro, recebeu nessa sexta-feira (3) a visita de Luiz Santoro, secretário-executivo do Meio Ambiente do Governo do Estado de São Paulo. A convite da vereadora Carol Gomes (PSDB), o secretário conheceu as instalações da unidade de conservação e anunciou uma iniciativa que visa explorar o potencial turístico da reserva. Membros da Fundação Florestal, órgão estatal que faz a gestão do local, também compareceram.

Segundo a vereadora, Santoro foi bastante solícito. “Ele atestou que a Feena é um local de movimento turístico e que um projeto de concessão de usufruto, de médio a longo prazo, deverá ser feito. Não adiantam concessões de cinco anos, mas sim de 30 anos, por exemplo. O secretário não tinha noção do tamanho do Horto. Ele anunciou que vai ser feito um estudo, pela Fundação Getulio Vargas (FGV) sobre possibilidades de concessão na Floresta. Será analisado onde se pode ter concessão privada na floresta. Gastam-se cerca de R$ 2 milhões ao ano pelo Governo para a manutenção da Feena. Deve-se incluir a iniciativa privada no local”, disse.

O secretário de Meio Ambiente, Ricardo Gobbi, prefeito Juninho, secretário-executivo Luiz Santoro e vereadora Carol Gomes

Entre as ideias está a ocupação dos antigos imóveis da Colônia Bambuzinho, logo na entrada da área construída na unidade, que poderá ser disponibilizada para microempresários. Hoje as antigas casas estão desocupadas e sendo deterioradas pela ação do tempo. Foi cogitada, inclusive, a implantação de uma pousada no casarão Solar Navarro de Andrade, imóvel que serviu como residência ao engenheiro que dá nome à floresta até a década de 1940. Projetos para a prática de arborismo e tirolesas também são considerados.

O prefeito João Teixeira Junior (DEM) também compareceu à visita. “Fiquei feliz dessa possibilidade de parcerias. É humanamente impossível o poder público, com sua burocracia, fazer tudo. Ao unir o know-how da iniciativa privada e o poder público quem ganha é a população. A ideia do secretário é inovadora para o turismo”, completa o chefe do Poder Executivo. O projeto de estudo deverá ficar pronto ainda este ano.

O antigo Horto Florestal de Rio Claro foi criado há mais de 100 anos e conta com uma das maiores reservas de eucalipto do mundo. No ano de 2002, por meio de um decreto do Governo do Estado de SP, foi transformado em Floresta Estadual ‘Edmundo Navarro de Andrade’. Um dos seus destaques é o Museu do Eucalipto, que tem 103 anos de fundação e é o único dedicado à espécie em todo o planeta.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: