CURSO DE MEDICINA: médicos especialistas do Ministério da Educação estiveram em Rio Claro no mês de maio

Divulgação

CURSO DE MEDICINA: médicos especialistas do Ministério da Educação estiveram em Rio Claro no mês de maio
CURSO DE MEDICINA: médicos especialistas do Ministério da Educação estiveram em Rio Claro no mês de maio

O questionário de avaliação preenchido por especialistas do Ministério da Educação apontou que a proposta do município de Rio Claro para ter um curso de medicina “é relevante e apresenta consistência com os seus propósitos”. O parecer dos especialistas é favorável ao atendimento ao pleito do município.

Na prática, isto significa que Rio Claro reúne as condições necessárias para oferecer um curso de medicina, conforme prevê o programa Mais Médicos, do governo federal.

“É uma grande notícia não só para Rio Claro, mas para toda a região, especialmente para os setores de educação e saúde”, observa o prefeito Du Altimari, que no final de maio recepcionou os três médicos da Comissão de Avaliadores do Ministério da Educação, juntamente com o secretário de Saúde, Geraldo de Oliveira Barbosa, e o diretor administrativo da Fundação de Saúde, Edison Rodrigues Filho.

Na conclusão de suas avaliações, os profissionais médicos informaram ao governo federal que “todos os atores envolvidos, gestores municipais, gestores hospitalares, Conselho Municipal de Saúde, estão plenamente envolvidos e interessados no processo em andamento”. Informaram ainda que “adequações que se fazem necessárias já foram identificadas pelos responsáveis e muitas delas já estavam claramente em andamento, mesmo antes de nossa visita”.

Os avaliadores apontaram a necessidade de implantação de programas de residência médica, medida que já está sendo providenciada pelo município, que realiza estudos para a implantação de quatro vagas de residência em psiquiatria no Hospital Bezerra de Menezes e iniciou a implantação da Comissão de Residência Médica na Santa Casa de Misericórdia.

O questionário descreve que em Rio Claro existem obras aprovadas e em andamento para melhorias que abrangem toda a rede de serviços municipais, e aponta número suficiente de leitos hospitalares do Sistema Único de Saúde (SUS), bem como a disponibilidade de instituições de ensino superior, como Unesp, Asser, Claretianas e Anhanguera.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Notícias:

Rio Claro vacina contra a Covid nesta 6ª-f a partir das 7h30

Princesa Victoria ganha consultório odontológico