Centenas de quilos de entulho foram retiradas de imóvel e depositadas em terreno.

Todo material foi colocado em terreno aberto. Moradores pedem ajuda após mutirão em imóvel.

Moradores da Rua M-20, na região do Grande Cervezão, iniciaram uma verdadeira operação de limpeza nessa quinta-feira (12) no imóvel de um suposto acumulador. Segundo os relatos enviados ao Jornal Cidade, quase uma tonelada de entulho foi retirada até a noite de ontem de dentro da casa. Desde materiais recicláveis – juntados pelo dono – a alimentos estragados, embalagens, roupas, materiais de construção e até mesmo bichos mortos, de acordo com os vizinhos.

A iniciativa dos vizinhos se deu após o morador do local ter sido preso em flagrante, dias atrás, pela Patrulha de Proteção Animal da Guarda Civil Municipal. Isso porque uma denúncia de maus-tratos contra animais chegou à equipe da corporação. No local, foram encontrados seis cães, sendo quatro fêmeas, um macho e um filhote. Segundo relato da própria GCM, o local é um barraco invadido, insalubre, com acúmulo de lixo, fezes, entulho e recicláveis, o que dificulta a locomoção no ambiente, onde havia muitas moscas e baratas. Os animais não tinham acesso a alimentos e a água, e dependiam dos vizinhos para serem alimentados.

O Departamento de Proteção Animal (DPA) constatou a situação de maus-tratos e registrou um laudo das condições encontradas. Os cães também apresentavam infestação por pulgas e foram retirados da residência e levados ao Canil Municipal para receberem tratamento adequado. A GCM não informou se houve orientação quanto ao morador ser ou não acumulador. Após a prisão em flagrante pelos maus-tratos aos animais, foi colocado em liberdade e concordou com a limpeza do imóvel. Agora, os vizinhos pedem ajuda da Prefeitura para que todo o entulho colocado em um terreno próximo seja retirado.

Mais em Dia a Dia:

Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio de R$ 135 milhões

Velo Clube recebe o Oeste pelo Paulistão