Autores da execução de comerciante ainda não foram identificados

91

Carine Corrêa

A última informação sobre o caso envolvendo a morte do dono de um bar no Distrito de Batovi nessa segunda-feira (8) é que as duas pessoas que teriam matado o comerciante ainda não foram identificadas.

Autoridades que compõem a equipe da Delegacia de Investigações Gerias (DIG) de Rio Claro estavam no distrito na tarde dessa terça, 9 de setembro, dando continuidade às investigações. Aloísio Andrade Vieira foi morto com três tiros no bar situado na Rua 5 de Batovi. Os disparos efetuados com arma de fogo atingiram as costas de Aloísio.

A Polícia Militar informou que a vítima tinha passagem pela polícia. O crime teria sido motivado por uma discussão que ocorreu entre ele e outros dois indivíduos. A informação foi dada por uma testemunha. Ela afirmou que o homicídio ocorreu logo após esse desentendimento. O delegado Douglas Amaral e um investigador foram ao local do crime. Aloísio foi assassinado em uma garagem onde funcionava o bar.

Um inquérito policial foi instaurado para apurar maiores informações e dar prosseguimento à investigação.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: