Após parar rapidamente numa mercearia no último dia 27 em Rio Claro, um motorista, que prefere não se identificar, seguiu com seu carro por dois quarteirões quando ocorreu um barulho de estouro no veículo. Logo atrás, outro motorista deu insistentes sinais para que a vítima parasse.

Ambos estacionaram, o golpista se apresentou como mecânico e passou a orientá-lo. Isso aconteceu por volta das 10h, no bairro Boa Morte. “Estava saindo fumaça e ‘vazando’ óleo na frente do meu carro. Ele se propôs a ligar para a concessionária do meu modelo. Rapidamente, surgiu outro ‘mecânico’ da suposta concessionária que simulou mexer e disse que o problema era simples. Na hora do acerto, cobrou apenas R$ 38,00 pela visita e disse que se fosse em dinheiro eu teria que ir até a empresa para acertar. Ofereci, então, pagar no cartão e ele concordou. Em todas as tentativas, houve erro nos cartões. Resumo: eles clonaram meus dados e efetuaram três saques no total de quase R$ 6 mil”, conta a vítima.

Desconfiado, o motorista foi até a sua concessionária e relatou o que houve. “Confirmaram o golpe e disseram que há relatos de mais vítimas. Os golpistas agem abrindo o capô e jogam produtos (óleo) para simular problemas (fumaça e aquecimento), colocam bexigas (para o estouro) e utilizam-se de outras artimanhas no momento em que você estaciona. Eles ficam atentos para agir no momento certo, e são rápidos”, conclui o motorista.

Foi registrado Boletim de Ocorrência e o caso segue em investigação. Fica o alerta e, em caso de dúvidas, consulte sempre um mecânico da sua confiança. Os golpistas agiram em dupla e estavam em veículos separados.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia: