Araras: identificado como Rodrigo Camargo, “Moranguete” levou vários tiros, diz delegado

1329
Ramon Rossi

 O delegado Tabajara Zuliani Dos Santos, da Delegacia Seccional de Polícia de Araras, disse a reportagem do Jornal Cidade que Moranguete, identificado como Rodrigo Camargo, de 37 anos, foi alvejado inúmeras vezes por uma pistola de 9 mm.

“Ele foi acertado quando estava chegando em casa. Esse tipo de arma é muito perfurante. Não dá para saber direito quantos tiros a vítima levou, mas foram inúmeros. Os investigadores estão trabalhando em imagens e lidando com várias possibilidades”, disse ele.

Ainda na delegacia, o JC obteve informações de que a vítima tinha ligações com atos ilícitos, mais precisamente, por envolvimento com drogas. Moranguete, inclusive, já havia sido preso várias vezes.

“Sem dúvida quem cometeu o crime foi até lá para matar. Estamos trabalhando com muita cautela no caso, afinal, trata-se de uma execução. O Moranguete já era conhecido nos meios policiais, eu mesmo já o prendi por duas vezes”, comentou o chefe dos investigadores Fernando César Simonetto.

O crime

Rodrigo Camargo, 37 anos, conhecido como “Moranguete”, foi morto com vários tiros em Araras no fim da tarde da última quinta-feira (16). O crime aconteceu em sua residência, no Jardim Morumbi, região leste da cidade.

Segundo informações, dois homens atiraram contra a vítima e em seguida fugiram. A perícia foi acionada e a Polícia Civil investiga o caso. Por enquanto, a autoria ainda é desconhecida.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: