Adriel Arvolea

A prefeitura afirma que a limpeza e manutenção do trecho são feitos regularmente, assim como em todo o município
A prefeitura afirma que a limpeza e manutenção do trecho são feitos regularmente, assim como em todo o município

Situada na região de Campinas, Rio Claro faz parte de uma microrregião desenvolvida com indústrias voltadas à fabricação de tubos e conexões, produtos da linha branca, doces e balas, cabos elétricos etc. Instalado na área norte do município, o Distrito Industrial abrange parte dessas empresas, numa área total de 11 milhões de metros quadrados.

Apesar do desenvolvimento e progresso que representa para a economia local, a área tem, ainda, acessos sem asfalto, como as avenidas Industrial Norte e Potencial (parcialmente) e as Ruas Alfa e Aliberti. Outro agravante é com relação ao lixo despejado nos trechos. Mesmo com placas alertando sobre a proibição, a prática, caracterizada como crime ambiental (Lei nº 9.605), é cometida por populares.

A prefeitura afirma que a limpeza e manutenção do trecho são feitos regularmente, assim como em todo o município. Além de recolher lixo e entulho depositados indevidamente no local, explica que, também, passa a motoniveladora para melhorar as condições de tráfego nos trechos sem asfalto. “A colaboração da comunidade é fundamental para preservar a manutenção e limpeza feitas pela prefeitura”, observa a administração. A quantidade de resíduos despejados na área é menor com relação aos meses anteriores, devido à limpeza realizada.

Na opinião do funcionário de uma empresa do Distrito Industrial, a situação chega a ser vergonhosa. “Despejar lixo e entulho nessas condições expõe a falta de educação de um povo, ou parte dele. Além da sujeira e dos riscos à saúde, o que vão pensar investidores e profissionais de outras cidades que se dirigem ao setor industrial? Sozinha a prefeitura não dá conta, sendo preciso a colaboração da comunidade para que jogue o lixo no seu devido lugar”, comenta Peterson Ferrari.

Coleta

A fim de manter a cidade limpa, a coleta de lixo domiciliar atende 100% do município, a operação cata bagulho percorre mensalmente todos os bairros (calendário em www.rioclaro.sp.gov.br) e existem seis ecopontos onde a população pode deixar vários de tipos de resíduo. Quem flagrar o descarte de lixo em local inadequado deve comunicar o setor de fiscalização da prefeitura, por meio do telefone 3522-1997.