Durante a sessão ordinária de segunda-feira (26) na Câmara Municipal, o vereador e presidente André Godoy (DEM) explicou que o parecer da Procuradoria Jurídica da Casa de Leis indicou que o prazo para finalizar os trabalhos da Comissão Processante terminaram dia 26. A presidente da CP, vereadora Carol Gomes (Cidadania), rebateu e teve início uma discussão.

Conforme noticiado, uma liminar da Justiça, publicada no início da tarde desta terça-feira (27), suspendeu os trabalhos da Comissão Processante (CP) da Câmara Municipal que investigou o processo de compra dos R$ 4 milhões em Equipamentos de Proteção Individuais (EPIs) pela Prefeitura de Rio Claro.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Política: