Durante entrevista ao Jornal da Manhã de hoje, o prefeito de Rio Claro, Gustavo Perissinotto, afirmou que recorrerá contra a decisão do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo que julgou inconstitucional a Reforma Administrativa de 2021, quando foram criados cargos em comissão e funções de confiança.

Segundo ele, dificilmente o processo transitará em julgado antes do final deste ano.

Tags: , , ,

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Notícias:

As raízes italianas de Rio Claro

Rio Claro dá adeus ao policial militar Roberto Badaró