O Velo Clube já havia sido derrotado na estreia por 2 a 1 pela Ponte Preta no Benitão.

O Velo Clube já havia sido derrotado na estreia por 2 a 1 pela Ponte Preta no Benitão.

O Velo Clube visitou o Lemense na noite de ontem (18) no estádio Bruno Lazzarini em Leme e foi derrotado por 3 a 1 pela segunda rodada do Paulistão A-2. Com o resultado, o Rubro-verde soma duas derrotas em dois jogos no estadual.

Logo aos 40 segundos de jogo, Flávio fez fila na defesa velista e foi derrubado na área por Marcílio: o juiz marcou pênalti. Valdívia cobrou com categoria e abriu o placar para o Zulão. O Velo tentou responder em chute de fora da área de Thiago Rubim, que o goleiro fez a defesa. A partir daí a partida caiu tecnicamente e os dois times passaram a errar muitos passes e abusar das ligações diretas buscando o ataque.

Até que, aos 33 minutos, Douglas Skilo fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Thiago Rubim, que dominou dentro da área e, ao tentar o drible, foi derrubado e o juiz marcou pênalti. Léo Castro bateu com muita categoria e empatou a partida: 1 a 1.

Após o gol, o Velo passou a tomar mais a iniciativa das jogadas ofensivas da partida, mas não conseguia finalizar contra o gol adversário.

No segundo tempo, o Lemense voltou pressionando o Rubro-verde e, aos cinco minutos, Douglas recebeu pelo lado direito e do bico da entrada da grande área acertou um lindo chute de perna esquerda, no canto do goleiro Caio, colocando o Zulão na frente mais uma vez: 2 a 1.

O Velo encontrava dificuldade para criar as jogadas ofensivas e o técnico Alberto Felix substituiu Thiago Rubim por Lucas Duni para aumentar o poder ofensivo na área do adversário, mas pouco efeito surtiu.

Já que as jogadas trabalhadas não davam certo, o meia Felipinho arriscou o chute de fora da área e o goleiro Igor fez grande defesa, no rebote Lucas Duni chutou e o goleiro mais uma vez defendeu. Aos 43, Marcílio pegou o rebote e tentou o chute de fora da área, mas a bola passou perto do gol. O Velo insistiu e aos 48 minutos, após a bola espirrada, Ynaiã foi derrubado na área e o juiz marcou o pênalti. Léo Castro foi para cobrança e o goleiro Igor espalmou.

Na sequência no contra-ataque o goleiro Caio saiu da grande área todo atrapalhado, perdeu a dividida para o ataque do Lemense, no primeiro chute fez a defesa, mas no rebote a bola sobrou para Josué marcar o terceiro e decretar a vitória do Zulão: 3 a 1.

Mais em Esportes:

Rio Claro FC visita o Primavera em Indaiatuba na A-2

Rio Claro FC perde para a Portuguesa Santista no Schmidtão