Última vitória foi há duas rodadas, quando venceu, em casa, o Atlético Sorocaba por 1 a 0

Matheus Pezzotti

Última vitória foi há duas rodadas, quando venceu, em casa, o Atlético Sorocaba por 1 a 0
Última vitória foi há duas rodadas, quando venceu, em casa, o Atlético Sorocaba por 1 a 0

Nesta sexta-feira (20), o Velo Clube encara o Catanduvense às 20h, no Benitão, pela 11ª rodada da série A-2. Sem vencer há dois jogos, ambos fora, o técnico João Vallim, quer aproveitar o fator casa para, bem ou mal, voltar a somar três pontos.

“Estamos jogando bem, mas não estamos vencendo, então acho que é melhor jogar mal e ganhar o jogo. Os três pontos é o que nos importa”, afirma.

Apesar do time criar várias chances de gols, tem apenas nove marcados, marca inferior até mesmo em relação ao Catanduvense, que tem 11. Mas Vallim, além de pedir atenção na defesa, espera que o time, após treinar finalizações, aproveite com gols as chances.

“Vamos trabalhar atacando do começo ao fim do jogo, mas nos precaver atrás. O Catanduvense tem marcado gols em quase todos os jogos e precisamos ter mais atenção nos cruzamentos na área e chutes a longa distância. Trabalhamos bastante a parte da finalização e espero que a bola comece a entrar”, acrescenta.

O técnico Ivan Canela não poderá contar com o zagueiro Paulo Brumatti, pelo terceiro cartão amarelo. A partida terá transmissão da rádio Excelsior Jovem Pan Sat, 1410 kHz.

INGRESSOS

A diretoria faz promoção até a hora do jogo: na coberta, R$20,00 (R$ 10,00 meia entrada) e na descoberta R$ 10,00 (R$ 5,00 meia).

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Esportes:

Shopping Rio Claro tem ponto de troca de figurinhas da Copa

Rio Claro enfrenta Bauru nos playoffs

Rio Claro é vice-campeã dos Jogos Regionais 2022