Folhapress

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro, e os candidatos à Presidência da República têm até o dia 5 de agosto para realizar as convenções. Depois, os partidos têm até 15 de agosto para o registro de todos os seus candidatos na disputa.

Um dos primeiros a confirmar sua pré-candidatura foi o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Em maio, ele confirmou a chapa com Geraldo Alckmin (PSB) como vice.

Ciro Gomes teve a candidatura oficializada em 20 de julho, na convenção nacional do PDT realizada na sede do partido, em Brasília.

Já o presidente Jair Bolsonaro (PL) oficializou sua candidatura à reeleição junto com o ex-ministro da Defesa Braga Netto, como vice, em 24 de julho, no Maracanãzinho, Rio de Janeiro.

Simone Tebet (MS) foi confirmada no dia 27 de julho pelo MDB e anunciou nesta terça (2) a senadora Mara Gabrilli (PSDB-SP) como sua vice na chapa.

Na segunda (1°), o PTB formalizou a candidatura de Roberto Jefferson, condenado no escândalo do mensalão e que cumpre prisão domiciliar, com a justificativa de ampliar as opções de eleitores de direita e conter parte dos ataques da esquerda ao presidente Jair Bolsonaro.

Na tarde desta terça, a União Brasil lançou a senadora Soraya Thronicke como pré-candidata da legenda à Presidência. O ainda precisa ser oficializado na convenção nacional do partido, marcada para a sexta-feira (5).

VEJA OS CANDIDATOS À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA
André Janones (Avante)
Ciro Gomes (PDT)
Eymael (Democracia Cristã)
Felipe D’Avila (Novo)
Jair Bolsonaro (PL)
Leonardo Péricles (Unidade Popular)
Luiz Inácio Lula da Silva (PT)
Pablo Marçal (Pros)
Roberto Jefferson (PTB)
Simone Tebet (MDB)
Sofia Manzano (PCB)
Vera Lúcia (PSTU)

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

Suavização de valetas têm continuidade em Rio Claro

Fim de semana ensolarado em Rio Claro, sem chuvas

Casos de dengue em gestantes aumentam 345% em 2024