Imagem ilustrativa

Duas ocorrências graves foram registradas neste final de semana em Santa Gertrudes. No primeiro caso um indivíduo foi baleado dentro de uma lanchonete na noite de sábado (6) e na manhã deste domingo (7) um ciclista foi encontrado sem vida.

O primeiro caso ocorreu por volta das 20 horas na rua Santa Isabel, bairro Jardim Luciana. Segundo consta o boletim de ocorrência a PM foi acionada a comparecer no local onde havia um indivíduo baleado.

No referido local a vítima estava sendo socorrida quando a equipe chegou, não sendo possível pegar declarações do indivíduo. Pessoas que estavam no estabelecimento comercial relataram aos policiais que o rapaz baleado chegou com sinais de embriagues com outros indivíduos, causando tumulto.

O dono da lanchonete ao tentar cessar a discussão, foi agredido pelo indivíduos e seus amigos com socos, chutes e cadeiradas, e para se defender efetuou 4 disparos de revólver calibre 32 que atingiram tórax, ombro e mão do agressor. Na confusão uma funcionária também foi agredida, sofrendo hematomas nos braços.

Em depoimento aos policiais o dono do estabelecimento disse que portava a arma em sua cintura e que durante a agressão o seu revólver caiu no chão e quando percebeu que seria novamente agredido pelos indivíduos com cadeiradas, efetuou os disparos com a intenção de se defender e cessar as injustas agressões.

Diante dos fatos a arma foi entregue aos policiais e na delegacia a autoridade policial ao analisar os fatos constatou legítima defesa.

Já no começo da manhã deste domingo (7) por volta das 5h40 policiais militares foram acionados via COPOM a comparecer na avenida Orlando Pereira, no bairro Jardim dos Ipês, onde havia ocorrido um acidente de trânsito envolvendo um ciclista.

Pelo local os policiais encontraram o homem, de aproximadamente 50 anos, e ao lado a bicicleta aparentemente sem danos, um óculos de sol e um pedaço de para-choque de um carro.

A vítima estava com lesões expostas na cabeça e na parte do maxilar, sendo encaminhada ao Pronto Socorro da cidade, onde foi atestado o óbito. A vítima não portava documentos.

O caso será investigado pela Polícia Civil.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Segurança:

Boletim policial deste sábado(1)