Imagem: reprodução

SÃO PAULO, SP (UOL – FOLHAPRESS) – O jornal ‘As’ divulgou, nesta quinta-feira (24), o salário-base recebido por todos os árbitros da Copa do Mundo do Qatar. Segundo informações do diário espanhol, a Fifa estabeleceu, desde o Mundial da Rússia, um pagamento feito aos funcionários por jogo trabalhado. Os árbitros de campo recebem a quantia de R$ 16,5 mil (pagamento original feito em euros, neste caso, 3 mil) nas partidas da fase de grupos e cerca de R$ 55 mil no mata-mata.

Os auxiliares e o quarto árbitro recebem 13,8 mil reais na primeira fase e 27 mil reais na segunda. Os selecionados que atuam no VAR ganham, inicialmente, igual o juiz principal: R$ 16,5 mil. A partir das oitavas, faturam os mesmos R$ 27 mil dos assistentes. Os árbitros apitam, em média, dois jogos por rodada. A entidade também pode adicionar pagamentos extras ou bônus aos funcionários, dependendo do caso.

Ao todo, o comitê de arbitragem da Fifa na Copa de 2022 conta com 129 representantes: 39 árbitros de campo, 69 assistentes e 24 árbitros de vídeo. Entre os juízes principais mais conhecidos, estão o italiano Daniele Orsato, o inglês Michael Oliver, e o polonês Szymon Marciniak. O Brasil está representado com dois árbitros de campo (Raphael Claus e Wilton Pereira Sampaio) e cinco assistentes (Bruno Boschilia, Danilo Manis, Rodrigo Figueiredo, Neuza Inês Back e Bruno Pires).

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Esportes:

Pelé segue internado e quadro de saúde é estável