Rio Claro registra saldo positivo na criação de novos empregos formais neste ano de 2022. Os dados, divulgados nesta semana pelo Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, apontam que foram registradas mais admissões do que demissões no primeiro semestre deste ano, conforme a série histórica já atualizada com ajustes.

Segundo o relatório, ao qual a reportagem do Jornal Cidade obteve acesso, de janeiro a junho foram contratadas 17.289 pessoas em Rio Claro, ante 15.606 desligamentos, o que resulta no saldo de 1.683 contratações, uma variação de 2,60%. Detalhando mês a mês, em janeiro o saldo foi de 392 empregos, o mesmo de fevereiro. Em março houve um déficit, no qual as admissões somaram 2.716 registros e os desligamentos superaram em 2.846, uma variação de 130 empregos a menos.

Já em abril houve retomada na criação dos empregos com saldo positivo de 188 admissões, em maio o índice aumentou consideravelmente com saldo de 725 novos empregos e em junho 116. Outra boa notícia também se refere aos últimos 12 meses, considerando de julho de 2021 a junho de 2022: o saldo também é positivo em 2.508 admissões, dos quais as admissões somaram-se em 33.494 registros e as demissões em 30.986.

Rio Claro segue a tendência do Estado de São Paulo no acumulado do ano de 2022 no primeiro semestre e figura no topo do ranking do saldo entre admissões e desligamentos do país. Foram 385,4 mil contratações a mais que o total de demissões, representando 28,8% do total de 1,3 milhão em todo o País.

O setor de serviços no Estado foi o que teve maior saldo, 231 mil, seguido da indústria com quase 70 mil. Já o resultado por grau de instrução revela que as 261 mil admissões a mais que os desligamentos foram de pessoas com o ensino médio completo. No período, ainda, mais de 2 milhões contratados estão na faixa etária de 18 a 24 anos e de 30 a 39 anos.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Política:

Mais de 28 mil títulos de eleitores estão cancelados em Rio Claro

Trem Intercidades entre SP e Campinas será o mais rápido do Brasil