O município de Rio Claro gerou 2.568 novos empregos com carteira assinada no mês de novembro, apontam os dados atualizados nessa quinta-feira (23) pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e da Previdência. O número é um pouco menor em comparação com o mês anterior, de outubro, quando 2.825 postos de trabalho foram gerados.

O saldo, porém, é positivo para novembro com 372 empregos, uma vez que, de acordo com as estatísticas, no período foram registrados 2.196 desligamentos, enquanto em outubro o número chegou a 2.627 demissões – o que gerou saldo de 195 vagas ocupadas. Em novembro de 2020, o saldo havia sido maior com 587 empregos. Naquele mês foram 2.583 admissões e 1.996 desligamentos.

O acumulado no ano de 2021 é um saldo de 4.447 empregos com carteira assinada no município. De janeiro a novembro, foram 30.025 admissões e 25.578 desligamentos em Rio Claro, segundo o Caged. Em janeiro o saldo foi de 497 vagas ocupadas formalmente, em fevereiro 574, em março 447, em abril 221, em maio 648, em junho 351, em julho 428, em agosto 318, em setembro 396.

País

O Brasil gerou 324.112 postos de trabalho em novembro deste ano, resultado de 1.772.766 admissões e de 1.448.654 desligamentos de empregos com carteira assinada. No acumulado de 2021, o saldo positivo é de 2.992.898 novos trabalhadores no mercado formal. O estoque de empregos formais no país, que é a quantidade total de vínculos celetistas ativos, chegou a 41.551.993, em novembro, o que representa um aumento de 0,79% em relação ao mês anterior.

Todas as regiões do país tiveram saldo positivo na geração de emprego, sendo que houve aumento de trabalho formal nas 27 unidades da federação. Somente no Estado de São Paulo, no mês passado, o saldo de vagas ocupadas de maneira formal foi de 110.198 postos de trabalho.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

Pré-venda do iPhone 14 começa nesta sexta (7) no Brasil

Falecimentos: confira a necrologia de 07/10/2022