Município, que tem 339 casos da doença, está ampliando medidas de combate ao Aedes aegypti

Rio Claro registrou a segunda morte por dengue neste ano. Análises preliminares divulgadas na semana passada já apontavam a doença como causa do óbito. Nesta sexta-feira (15) a Vigilância Epidemiológica confirmou a suspeita de que a morte foi por dengue e informou que uma terceira morte por dengue está sob investigação.

O primeiro caso fatal de dengue neste ano no município foi confirmado também na semana passada, após investigação iniciada em fevereiro.

Até agora Rio Claro registrou 339 casos de dengue neste ano. Nesta sexta-feira o prefeito Gustavo decretou estado de emergência e uma série de outras ações que a prefeitura e Fundação Municipal de Saúde estão tomando para intensificar o combate à doença e o atendimento de pessoas que contraem dengue.

A comunidade também deve fazer a sua parte e é preciso redobrar os cuidados no combate ao mosquito transmissor. O Aedes aegypti se reproduz em água parada. Por isso é essencial eliminar os recipientes e manter os quintais sempre em ordem, além de descartar corretamente os materiais.

Mais em Dia a Dia:

Interdições e obras programadas para esta sexta-feira

Falecimentos: confira a necrologia de 19/04/2024

Programa combate lentidão na abertura de empresas