Imagem ilustrativa

O mais recente boletim epidemiológico divulgado pela Prefeitura de Rio Claro aponta que dos seis hospitalizados por Covid-19 no município, cinco estão em unidades de terapia intensiva (UTIs). Todos os pacientes estão na rede pública de saúde. Nas últimas semanas, o Fundação Municipal de Saúde vem registrando oscilações baixas nas internações ocasionadas pela doença, mas diferente de outros municípios que já chegaram a zerar as internações totais, em Rio Claro isso ainda não aconteceu.

A vacinação contra o coronavírus trouxe alívio para Rio Claro. Nos últimos meses, o poder público viu os índices de novos casos e as próprias internações despencarem. As mortes são as menores desde o início da pandemia. Em novembro, por exemplo, o município fechou o mês com o menor patamar de óbitos. Naquele período apenas uma morte foi ocasionada pela Covid-19. Neste mês de dezembro, um novo óbito foi registrado.

As internações, porém, deixam o setor de saúde municipal em alerta. Os especialistas são enfáticos em ressaltar que a vacinação, além das medidas de proteção sanitária, é a principal arma contra o coronavírus, sobretudo para casos de média e grave complexidade que podem levar às hospitalizações. A campanha de imunização em Rio Claro continua. Nesta quinta-feira (23), as equipes atenderão das 10h às 22h no Shopping Rio Claro, na Vila Paulista.

No hospital de campanha do Cervezão, metade dos leitos destinados para casos de Covid foram desativados semanas atrás e o Pronto Atendimento do local voltou a atender casos de urgência e emergência paralelamente à pandemia. A Santa Casa de Misericórdia, que também atende via SUS, também diminuiu os leitos de Covid, assim como os hospitais particulares do município.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

Saiba como denunciar assédio sexual sofrido no trabalho

Rio Claro vacina contra a Covid a partir das 7h30