A Fundação Municipal de Saúde de Rio Claro está alertando a população a respeito dos novos casos de Covid, que vêm registrando grande aumento no município. A nova onda é atribuída a uma subvariante omicron, BQ.1 “Recomendamos fortemente a atualização do esquema vacinal para os faltosos”, destaca a presidente da FMS, Giulia Puttomatti, lembrando que na última semana houve 51 casos novos notificados no município, o que representa aumento de 1.275% em relação à semana anterior.

Comunicado divulgado nesta quarta-feira (23), assinado pela presidente da FMS e pela diretora municipal de Vigilância em Saúde, Suzi Berbert, destaca que o município liberou a quarta dose da vacina em junho de 2022 para maiores de 18 anos, mas há cerca de 90 mil faltosos na segunda, terceira ou quarta dose. “Isso representa um risco, pois essas pessoas apresentam queda do número de anticorpos e da capacidade de defesa contra a doença”, explica a Suzi Berbert, acrescentando que entre as crianças a cobertura vacinal também está abaixo da desejável.

Ainda que o número de internações, por enquanto, permaneça baixo, a nota da Fundação de Saúde faz outras recomendações, como o retorno da utilização de máscaras ao frequentar locais fechados e ao se relacionar com outros de fora do domicílio, especialmente para idosos, pessoas com doenças crônicas e condições de imunossupressão.

Pessoas com quadros de resfriados ou gripes, ainda que leves, devem permanecer de máscaras ao se relacionar com outras.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

Alerta: homem morre vítima de Covid em Rio Claro

10º Baep realiza treinamento de ‘atirador designado’

Refis: emenda ‘bloqueia’ empresas por três anos