Aos 33 anos, o sonho de Jonathan Pancher Dietrich é bem diferente de muitos adultos. Morador da Vila Saibreiro, conta com a ajuda dos pais aposentados para a realização de qualquer tarefa. Ele é portador de uma doença neurodegenerativa chamada Ataxia de Friedreich, que traz uma série de consequências.

Preso a uma cadeira de rodas, seu maior desejo é conseguir um pouco mais de autonomia e principalmente diminuir as dores que tanto o incomodam: “Esta cadeira nós conseguimos há 12 anos para ele na prefeitura. Neste tempo ele cresceu, o físico mudou, a cadeira se desgastou e infelizmente não atende mais às necessidades. Tanto é que colocamos uma mochila nas costas dele para se manter preso devido ao problema na coluna (escoliose)”, relata a mãe Tereza Dietrich.

O preço em média pesquisado dessa cadeira é de R$ 17 mil, valor que não cabe no orçamento da família: “São dois salários mínimos, o da minha mãe e do meu pai. Eu antes recebia um benefício do governo que foi cortado porque meus pais se aposentaram. Mas somente de remédios são quase R$ 600,00 que gasto. Arrumamos um advogado para tentar reaver meu benefício também de um salário mínimo que ajudava, mas nem mesmo com ele era suficiente para comprar a cadeira motorizada”, conta Jonathan.

Jonathan também tem o sonho de poder fazer fisioterapia e fonoaudiologia em casa: “São profissionais que agregariam muito no meu dia a dia, mas não temos condições de pagar particular. Uma vez cheguei a ir a uma sessão de fisio pelo município, mas além da dificuldade de sair de casa fiquei esperando duas horas para ser atendido e não quis voltar mais, senti muitas dores nesta espera”.

Diante das dificuldades, Jonathan tem o sonho de que, através de doações, consiga melhorar a qualidade de vida: “Ter uma cadeira de rodas que atenda às minhas condições é o que eu mais desejo. Se alguém conhecer quem puder me ajudar, seja doando a própria cadeira motorizada ou qualquer quantia que eu possa juntar, serei muito grato”, finaliza.

Como ajudar?

Para doações via Pix a chave é (19) 99531-3900 (telefone) que está no nome de Jonathan Pancher Dietrich. A família mora na Rua 2-A, número 623 (entre as avenidas 32 e 38) Vila Saibreiro. Para outras informações as pessoas podem ligar no 3557-8176

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

Acidente entre carro e moto é registrado na Visconde

Ciro acompanha PDT e anuncia apoio a Lula no 2º turno