????????????????????????????????????

A Câmara Municipal realizou nessa semana a entrega da Medalha Zumbi dos Palmares para representantes da comunidade em reconhecimento à luta pela igualdade de direitos e combate ao preconceito racial. A homenagem foi instituída pelo Decreto Legislativo 387/2011, de autoria do ex-vereador Sérgio Carnevale. Desde 2013, o vereador Geraldo Voluntário está à frente da organização do evento que integra a programação oficial do 20 de novembro – Dia da Consciência Negra.

A solenidade foi coordenada pelo presidente da Câmara Municipal, José Pereira. O prefeito Gustavo Perissinotto foi representado pelo secretário municipal de Cultura, Dalberto Christofoletti. Na Mesa Principal também estavam: a assessora municipal de Direitos Raciais, Maria de Lourdes da Silva, e os vereadores Julinho Lopes (Progressistas), Carol Gomes (Cidadania), Geraldo Voluntário (MDB) e Adriano La Torre (Progressistas).

“Esta homenagem, criada a partir da iniciativa do meu pai, o ex-vereador Sérgio Carnevale, valoriza a comunidade negra da nossa cidade. Orgulho é a palavra que melhor define esta solenidade”, disse Serginho. “Quero aqui registrar a presença do presidente reeleito da Câmara, José Pereira, que também representa esta comunidade aguerrida como o primeiro negro a comandar o Legislativo local”, acrescentou.

Pereira recordou que o feriado da Consciência Negra foi criado em Rio Claro em 2007. “A articulação começou em 1997, quando conversei com o ex-vereador Sérgio Matheus. Naquele momento, criou-se a Semana da Consciência Negra. Em 2007, o ex-prefeito Nevoeiro Júnior atendeu a um pedido que encaminhei e decretou o 20 de novembro feriado em nossa cidade”, pontuou o presidente da Câmara, ao lembrar que se trata de uma data de reflexão sobre a importância da luta pela igualdade de direitos.

Carol Gomes ratificou as palavras de Serginho Carnevale direcionadas ao presidente José Pereira, a quem define como pacificador da Casa de Leis por meio de amplo trabalho de articulação política. A vereadora defendeu a construção como a melhor forma de solidificar a união entre as comunidades da cidade. “É preciso somar esforços. As nossas semelhanças são muito maiores do que as nossas diferenças”, comentou.

Geraldo Voluntário lembrou que a partir de 2013 resgatou o trabalho iniciado pelo então vereador Sérgio Carnevale. “A Medalha Zumbi, em Rio Claro, não pode deixar de existir. É uma maneira que o Legislativo encontrou de agradecer à comunidade negra por tudo o que faz e produz em nossa cidade”, detalhou o vereador.

O secretário Dalberto Christofoletti destacou a importância de apoiar a comunidade negra durante todo o ano. “Parabenizo o ex-vereador Sérgio Carnevale pela iniciativa de criar esta homenagem e o Geraldo Voluntário, que teve a sensibilidade de dar sequência ao trabalho”, assinalou.

Os representantes da comunidade negra que receberam a medalha neste ano foram: Janice Aparecida Antonio Rezende, homenageada por José Pereira; Evandro Luiz Inácio (La Torre); Fernanda Cristina Siqueira (Alessandro Almeida); André Luiz de Moraes, também conhecido como Pai André (Carol Gomes); Gilberto dos Santos, Kieni Estevam Borges, Aguinaldo da Silva, conhecido como Professor Baiano, e Joana Barbosa da Costa (Geraldo Voluntário); Mesaque Luiz Rodrigues (Hernani Leonhardt); Benedito Fernandes Costa (Irander Augusto); Patrícia Mara Venâncio (Julinho Lopes); Delito Cândido de Lima, conhecido como Mestre Delo (Luciano Bonsucesso); Joas Levi de Jesus (Moisés Marques); Ângela Maria de Moraes (Paulo Guedes); Ana Lúcia Vicente de Oliveira (Rodrigo Guedes); Thiago Fontana (Serginho Carnevale); Luis Carlos da Costa (Sivaldo Faísca); e Francisco Manoel Araújo da Silva (Vágner Baungartner).

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

Suavização de valetas têm continuidade em Rio Claro

Fim de semana ensolarado em Rio Claro, sem chuvas

Casos de dengue em gestantes aumentam 345% em 2024