A Polícia Civil de Rio Claro deflagrou, nesta quarta (19), a Operação Pax in Agris, que teve como alvo uma quadrilha responsável por roubos na Zona Rural na região. Após meses de investigação, as equipes conseguiram identificar quatro participantes do grupo criminoso, sendo que dois foram detidos durante as diligências realizadas na manhã de hoje. Outros dois envolvidos no crime foram presos em flagrante.

Segundo o delegado Alexandre Socolovski, responsável pela operação, foi comprovado que estes criminosos atuaram em ocorrências registradas nas cidade de Ipeúna e Corumbataí: “É um grupo muito violento que vinha realizando roubos em sítios nos últimos meses. Há relatos da participação de até sete integrantes em alguns assaltos. Nós conseguimos identificar quatro desses criminosos e dois foram detidos na operação, além de outras duas pessoas que foram presas em flagrante por receptação de itens roubados pela quadrilha”.

Dos nomes indicados pelas investigações, dois criminosos seguem foragidos e a Polícia busca agora a identificação de outros indivíduos envolvidos com a quadrilha desmantelada.

O delegado ainda deu mais detalhes sobre a forma de atuação da quadrilha: “Eles invadiam as propriedades encapuzados, amarravam as vítimas e realizavam os roubos. Em algumas situações eles permaneciam horas com as vítimas rendidas e chegaram a, inclusive, cozinhar e jantar nos sítios enquanto os moradores estavam amarrados”.

Segundo a Polícia Civil, os criminosos roubavam maquinários, veículos e outros itens que encontravam nos sítios invadidos. Vários dos itens que haviam sido roubados foram recuperados durante a operação nesta quarta.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Segurança:

Morre, aos 60 anos, o GCM Geraldo que lutava contra um câncer

Concluída 1ª etapa da obra na rotatória da Avenida 32