Imagem: Adobe Stock

O professor está afastado das atividades profissionais na rede estadual de ensino desde o cumprimento do mandado de busca em sua residência.

Um professor de futsal, de 45 anos, teve sua prisão preventiva decretada por estupro de vulnerável e importunação sexual. A Polícia Civil de Capivari – equipe comandada pela delegada titular, Maria Luísa Dalla Bernardina – cumpriu o mandado de prisão contra o homem nesta segunda-feira (26), perante investigações policiais apresentadas ao Poder Judiciário.

Leia mais:
Outras notícias policiais você confere clicando aqui.

Segundo a Polícia, as investigações começaram após a primeira denúncia feita por uma adolescente, que relatou que o treinador de futsal da sua escola estaria praticando o crime contra ela e outras colegas de turma. No decorrer das investigações, fora cumprido buscas na residência do homem.

Após isso, os investigadores concluíram que o crime ocorreu com outras meninas, estas com idades de 10 e 15 anos, as quais confirmaram os abusos durante Escuta Especializada para a Psicóloga da Delegacia de Defesa da Mulher de Capivari.

O homem, que no momento das buscas era investigado por Importunação Sexual, passou a também a ser investigado por Estupro de Vulnerável, em face às declarações das vítimas.

A Polícia também identificou uma vítima que sofrera os abusos no ano de 2014, quando tinha apenas 10 anos.

Mais em Segurança:

POLÍCIA: 21 metros de fios e cabos são furtados em Rio Claro

Autônomo sofre acidente ao cair em boca de lobo em Rio Claro