Imagem ilustrativa

O prefeito Gustavo Perissinotto (PSD) aguarda o envio pela concessionária Rumo, responsável pela gestão da linha férrea, do projeto executivo que deve transferir a oficina de manutenção da região central para o Jardim Guanabara. O trabalho deve ser concluído, bem como entregue, em dezembro deste ano. O investimento previsto é de R$ 300 milhões, segundo a Prefeitura.

“Esse projeto deve ser apresentado pela Rumo ao Ministério de Infraestrutura. A Rumo já deve estar finalizando esse trabalho e, assim que terminá-lo, devemos participar disso, vão nos apresentar. O prazo de conclusão disso [da transferência da oficina] é dezembro de 2025. Aí sim deveremos ter a nova oficina funcionando em Rio Claro na região do Guanabara e essa área central será devolvida ao município para que tenhamos uma grande intervenção urbana para a cidade ter outra cara”, diz Gustavo.

De acordo com o prefeito, a empresa contratou uma empresa para fazer o trabalho nas áreas operacionais como em Rio Claro e Araraquara. “Estão fazendo o levantamento topográfico, já há o embrião de uma ideia para reocupação e urbanização dessa área central, que deve ser apresentada pela empresa, com a Rumo e a Prefeitura”, acrescenta.

Em abril deste ano, a reportagem do JC revelou que a concessionária está elaborando um novo projeto executivo para a instalação da oficina em Rio Claro. “No momento, os estudos do projeto estão em curso pelas equipes técnicas e o cronograma de obras só será definido após essa etapa”, informou na época.

No ano passado, o JC revelou que a Rumo havia decidido por deixar o município de Rio Claro e transferir a oficina para um complexo de manutenção já existente na cidade de Araraquara. Diante da mobilização do Sindicato da categoria, Câmara Municipal e pressão de parte da população e sociedade civil, a Prefeitura Municipal se engajou junto à empresa para manter a oficina no município.

ASSISTA

Confira a entrevista completa com o prefeito no vídeo abaixo:

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Política:

PEC da Transição pode ser votada pelo Plenário na quarta-feira

Refis: emenda ‘bloqueia’ empresas por três anos