Neste 15 de novembro é comemorado o Dia da Proclamação da República. Em Rio Claro, os marcos relacionados à data estão na Praça da Liberdade. No trecho localizado em frente ao Fórum, na Avenida 5, está o Obelisco, construído para preservar a memória da luta entre republicanos. Na placa no monumento se lê: “Foi neste lugar que a 13 de dezembro de 1891, os republicanos rio-clarenses arriscaram as suas vidas para restabelecer a Constituição da República violada a 3 de novembro de 1891”.

Segundo o historiador e jornalista José Roberto Sant’Ana, “o Obelisco lembra a revolta liderada pelo senador Alfredo Ellis e que a partir de Rio Claro resistiu ao fechamento do Congresso Nacional naquela data. O movimento foi vitorioso e colocou Rio Claro no mapa da política nacional”.

Além do Obelisco, a praça também abriga uma centenária sequoia chamada de Árvore da Liberdade, que foi plantada há 133 anos em homenagem à República, em dezembro de 1889, um mês após a proclamação. Em 2019, a árvore centenária foi avaliada como condenada, e um novo exemplar foi plantado em frente durante a solenidade de comemoração da Proclamação da República. Esse exemplar é um dos 15 “clones” feitos por técnicos da empresa Suzano Celulose. A falta de cuidados com o novo exemplar, que aparenta estar seco, é alvo de críticas de frequentadores da praça. O exemplar centenário prossegue no local.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

Aos 26 anos, jovem sai de RC e promove eventos no Canadá

Pontos de alagamento são registrados após chuva em Rio Claro