Coletores e motoristas dos caminhões da empresa Alabama Ambiental, responsável pela recolha do lixo doméstico em Rio Claro, iniciaram na manhã de hoje, quarta-feira (9), uma paralisação e não saíram às ruas para o trabalho.

O motivo foi o não pagamento do salário integral e a falta de informação de quando o acerto vai acontecer. De acordo com o coordenador do escritório em Rio Claro Sérgio Donato, ele recebeu um telefonema dos responsáveis pelo escritório em São Paulo comunicando que não tinham aporte financeiro para realizar o pagamento integral dos funcionários: “Nós não sabemos se houve o repasse ou não por parte da Prefeitura de Rio Claro. O que sabemos é que a empresa disse que não tem dinheiro e diante disso não podemos obrigar os funcionários a saírem as ruas”.

A reportagem do Jornal Cidade está em contato com a Prefeitura de Rio Claro para saber se o dinheiro foi repassado a empresa Alabama e quais medidas pretendem adotar diante da situação.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

Sobrevivente de Orpinelli refaz a vida e lança projeto

Chega às bancas a nova JC Magazine