Ponte no Novo II volta a ser alvo de questionamentos

318

A segurança é a principal questão que segue sendo colocada por moradores da área onde a Prefeitura Municipal de Rio Claro finaliza as obras de reconstrução da ponte de madeira que interliga os bairros Terra Nova e Jardim Novo.

O assunto, que já foi destaque nas páginas do Jornal Cidade em março deste ano, quando os trabalhos tiveram início, segue gerando impasse, já que a população, que acompanha de perto cada etapa, está receosa com o que observa no local: “Percebemos remendos, materiais de segunda. Lá em março já questionamos a utilização de madeiras que estavam em outros locais, não eram adequadas, estavam rachadas. O certo seria uma ponte bem feita de concreto, algo definitivo, mas fomos informados de que não havia dinheiro. Concordamos com a de madeira, mas esperávamos por uma outra realidade”, afirma a cabeleireira Priscila Elen.

Outro lado

A reportagem enviou alguns questionamentos à administração municipal que, no fim da tarde de ontem (13), divulgou um texto no site oficial da prefeitura no qual afirma que os trabalhos estão sendo finalizados com a substituição de duas madeiras do piso do tablado que apresentaram problemas após período de dilatação.

Entre outros pontos destacados estão que as vigas de madeira foram obtidas a partir de parceria com a Fundação Florestal, vinculada ao governo do estado por meio da Secretaria Estadual de Meio Ambiente, e a Prema Tecnologia e Comércio Ltda, construção de calçada para facilitar o acesso de pedestres, nova iluminação e que a liberação irá acontecer ainda esta semana, na quinta-feira (16).

Qual sua opinião? Deixe um comentário: