Na terça-feira, 5 de dezembro, a Polícia Rodoviária da região de Rio Claro conduziu a Operação Impacto na SP-310, trecho da Rodovia Washington Luís, próximo ao bairro Bonsucesso, com o apoio da Polícia Militar e da Guarda Civil Municipal (GCM) de Rio Claro. Os resultados da operação incluíram a apreensão de 11 motocicletas, a emissão de 32 autos de infração de trânsito, a fiscalização de 96 motocicletas e a aplicação de quatro autos de recolha de documentos, abrangendo os quilômetros 176 a 210 na região. A operação teve início às 18h00 e foi concluída às 21h00, nas imediações do acesso ao bairro Bonsucesso, localidade oeste de Rio Claro, notória por ocorrências de roubo, furto de veículos e tráfico de drogas.

Na tarde do mesmo dia, um furto contra um transeunte foi registrado na Rua 2 com a Avenida 1, no Centro de Rio Claro. O idoso aposentado, de 79 anos, retirara seu pagamento no banco Bradesco e foi abordado por um homem que, alegando ser funcionário do banco, informou ao idoso que havia retirado dinheiro a menos. O suspeito, então, tomou o cartão e documentos pessoais da vítima e desapareceu.

Na madrugada do dia 4 de dezembro, ocorreu o furto de 1 metro de fios e cabos de cobre na Avenida M-39, Jardim Floridiana, próximo ao Distrito Industrial de Rio Claro. A vítima, um operador de empilhadeira de 53 anos, relatou que, durante uma reforma no local, foram levados fios, cabos, três ferramentas (martelete, esmerilhadeira e lixadeira pequena), apesar da presença de um sistema de câmeras no local.

Outro furto contra transeunte foi registrado na manhã do dia 4 de dezembro, na Rua 2, onde a vítima, uma idosa aposentada de 72 anos, teve três cartões de banco, documentos pessoais e R$ 200,00 subtraídos de sua bolsa enquanto estava dentro de um comércio. No mesmo local, à tarde, uma segunda vítima, uma aposentada de 82 anos, teve sua bolsa aberta e uma bolsinha pequena, contendo R$ 32,00, levada.

No bairro Santana, região oeste de Rio Claro, um roubo contra transeunte ocorreu às 12h50 do dia 4 de dezembro, na Rua 9 com as avenidas 32 e 24. A vítima, uma estudante de 18 anos, foi abordada por um indivíduo armado com faca, vestindo camiseta preta e laranja, bermuda jeans rasgada e par de chinelos. O criminoso levou a bicicleta da vítima, aro 29, de cores preta e rosa.

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Rio Claro atendeu a uma ocorrência de morte de um cachorro sem raça definida, de pelo cor caramelo, às 15h10 do dia 4 de dezembro, em uma clínica veterinária na Rua 8, na região central. A veterinária informou que o tutor trouxe o animal com ferimentos graves, resultantes de uma briga ocorrida 15 dias antes, quando o cachorro escapou e enfrentou outros cães. Após duas horas, o cachorro veio a óbito. Os guardas localizaram o tutor por meio do telefone de emergência 153.

Mais em Segurança:

POLÍCIA: 21 metros de fios e cabos são furtados em Rio Claro

Autônomo sofre acidente ao cair em boca de lobo em Rio Claro