PM de Rio Claro apreende quase 50 kg de drogas no 1º semestre

336

Um dos principais desafios na área da segurança está relacionado ao combate do tráfico de drogas. Em Rio Claro uma média de duas ocorrências deste tipo de crime são registradas pela Polícia Militar por dia.

Nesta semana, o tema e o trabalho desenvolvido pela PM foram discutidos no Jornal da Manhã da Rádio Excelsior Jovem Pan: “Estamos agindo em duas frentes, tanto a repressiva quanto a preventiva. Da forma repressiva, de janeiro a junho deste ano tivemos 313 ocorrências de tráfico de drogas, ou seja, foram presos no mínimo 313 indivíduos pela prática criminosa”, afirmou o capitão Socolowski.

Na oportunidade, o sargento Vitor aproveitou para destacar a importância de um trabalho que completa este ano duas décadas: “Quando falamos em tráfico de drogas, temos que pensar na cultura e estrutura, e isso está diretamente ligado à informação e à educação. Por isso o trabalho desenvolvido há 20 anos em Rio Claro pelo Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência – PROERD é muito importante. Nele crianças são orientadas e instruídas sobre a importância de modelos de vida saudáveis, objetivando melhorar a autoestima, reduzir a ansiedade, além da apresentação de alternativas positivas para evitar que as crianças entrem no caminho das drogas e da violência”, alertou o sargento Vitor, que ministra aulas no programa juntamente com a cabo Regiane e o sargento Marucci.

O PROERD é aplicado em escolas da rede pública estadual, municipal e privada, destinando-se principalmente aos alunos dos 5º anos, atendendo crianças na faixa etária entre nove e 12 anos, justamente quando estão ingressando na pré-adolescência, um período de transformações e descobertas.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: