De acordo com Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Rio Claro possui 144.927 eleitores aptos a participarem do pleito previsto para outubro

Os eleitores das cidades da região de Rio Claro – Limeira e Piracicaba – retornam às urnas neste domingo (29) para votar em segundo turno na eleição às prefeituras municipais. As disputas estão acirradas e a população deve escolher entre manter no poder os atuais prefeitos que são candidatos à reeleição ou trocar o comando dos municípios.

No município de Piracicaba o atual prefeito Barjas Negri (PSDB) tenta a reeleição contra Luciano Almeida (DEM). No primeiro turno Negri teve 34,33% dos votos, o que representa 56.760 votos. Já Almeida teve 15,60%, que são 25.786 votos dos piracicabanos.

A disputa na cidade, porém, tem um agravante. Isto porque Negri enfrenta problemas judiciais com a candidatura após o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP) rejeitar o pedido do registro da candidatura na segunda-feira (23). O tucano já declarou, também, que entraria com recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Limeira

Em Limeira concorre o atual prefeito Mario Botion (PSD) e Murilo Felix (Podemos). Enquanto Botion recebeu 32,32% dos votos, que correspondem a 45.248 eleitores, Felix chegou a 22,43% dos votos, com 31.402 pessoas em seu apoio. O Instituto Statsol – mesma empresa que fez as pesquisas eleitorais encomendadas pelo JC em Rio Claro – realizou nesta semana pesquisa de intenção de voto para avaliar como está a questão na cidade. Segundo o levantamento, que entrevistou 800 eleitores, Botion tem 54,5% das intenções de voto contra 45,5% de seu adversário Felix. A margem de erro é de 3,5%.

São Paulo

Na capital paulista o atual prefeito Bruno Covas (PSDB) tenta se reeleger contra o adversário Guilherme Boulos (PSOL).

Na quinta-feira (26) o Ibope divulgou pesquisa em que aponta Covas com 48% das intenções e Boulos com 37%. Foram entrevistados 1.001 eleitores e a margem de erro é de 3% para mais ou menos.