Em meio à pandemia, empresas se renascem e reaprendem novas formas de empreender. Três empresas pioneiras e referencias no mercado audiovisual, de vídeo e eventos, parceiras de anos, se uniram para montar a primeira “Central de Lives” do interior de SP.

Um projeto arrojado, com 4 “brabos” à frente que não pouparam esforços para que a pandemia não se tornasse um penhasco de contas a pagar.

Diego Baldissera e Guilherme Christofoletti da A2D Filmes, Rodrigo e Rafa Ribeiro da RPA som e luz e Elementus Efeitos descobriram que na turbulência do momento, tudo tem solução. Se mantiveram firmes e hoje após um ano da primeira LIVE, a agenda é bem extensa: eventos híbridos, convenções empresariais, treinamentos on-line, lançamentos digitais, MASTER CLASS e a perspectiva é de que nesse segmento não haverá regressão.

“Não tínhamos saída, ou a gente fechava as portas e ficava se lamentando devido a pandemia, ou virávamos a chave para sobreviver”, explica Diego Baldissera da A2D Filmes sobre a dificuldade do momento. “Eventos sendo cancelados e a agenda de quase dois anos pra frente ficando vazia. A parceria das nossas empresas nos deu um fôlego durante um dos períodos mais críticos do mercado audiovisual” cita Rafael Ribeiro da RPA. “O mercado precisava de algo como a Central de Lives, que além de suprir nossos compromissos financeiros, também mostrou as empresas uma oportunidade de se comunicar com seus clientes, funcionários, representantes, etc, de uma maneira totalmente nova”, completa Rodrigo Ribeiro da Elementus Efeitos.

A expectativa dos parceiros agora é que o mercado continue aquecido e usando esse tipo de comunicação. A estrutura montada em Junho do de 2020, permanece sendo atualizada e principalmente UTILIZADA pelos clientes de uma maneira mais assídua e com agenda bem completa. Eles afirmam ainda que novidades estão por vir e que em breve será inaugurado o primeiro co-working pra gravação de PODCAST de Rio Claro.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em JC Indica: