O MPSP, por meio da Promotoria de Cordeirópolis, acompanharam uma operação da Polícia Civil deflagrada nesta quinta-feira (10) contra um esquema de roubos e furtos de caminhonetes de luxo. As autoridades cumpriram 37 mandados de busca e prisão temporária em diferentes municípios, sobretudo na região de Campinas.

De acordo com o que foi apurado no âmbito do inquérito policial, que identificou uma associação criminosa, a atividade preferencial do grupo alvo da Operação Alto Luxo é a subtração (furto e roubo) de caminhonetes de luxo, sobretudo da montadora Toyota.

No parecer pelo deferimento dos mandados, a promotora Aline Moraes descreveu que “os elementos informativos já angariados em solo policial indicam a existência de fortes indícios de que os averiguados estão unidos em propósitos com o objetivo de cometer crimes de roubos majorados, furtos qualificados, receptações qualificadas, falsidade documental e adulteração de sinais identificadores de veículos automotores, dentre outros”.

As buscas e prisões foram autorizadas pela juíza Juliana Silva Freitas, da Vara Única de Cordeirópolis, na semana passada. Os agentes públicos deram cumprimento aos mandados em Limeira, Campinas, Santa Bárbara D’Oeste, Osasco, Americana, Leme, Itapevi, Indaiatuba e na capital paulista.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Segurança:

Autor de feminicídio é preso em Cordeirópolis

Confira as últimas ocorrências registradas no plantão policial