Operação Gaeco: presos são ouvidos durante dois dias

67

Carine Corrêa

As investigações foram iniciadas há um ano e os núcleos identificados em cada cidade tinham ligação entre si
As investigações foram iniciadas há um ano e os núcleos identificados em cada cidade tinham ligação entre si

Em entrevista exclusiva ao Jornal Cidade, o promotor do Grupo de Atuação Especial em Combate ao Crime Organizado (Gaeco), André Luiz Brandão, informou que os detidos durante a operação deflagrada contra uma organização criminosa que atuava em furtos e roubos de veículos foram ouvidos na quarta-feira (23) e quinta-feira (24).

“Os criminosos que foram encaminhados aos Centros de Detenção Provisória de Itirapina e Piracicaba foram ouvidos no dia 23. Aqueles que foram levados para Campinas e Sorocaba foram ouvidos pela Justiça nessa quinta”, reforçou o promotor.

Na região, ele informa que foram vinte pessoas presas. Dez deste grupo eram de Rio Claro, e um rio-clarense foi preso pelas autoridades em Sorocaba.

As investigações foram iniciadas há um ano e os núcleos identificados em cada cidade tinham ligação entre si. “Todos os elementos que integram esses núcleos serão denunciados por comporem uma organização criminosa”, informou André Brandão. A operação prendeu também um advogado em Campinas, que fornecia documentos falsificados.

Em Rio Claro, foram identificadas pessoas incluídas em todas as ações de furto, roubo, receptação, adulteração, falsificação e comercialização de veículos. Foram expedidos 31 mandados de busca e apreensão e 20 mandados de prisão preventiva, que foram cumpridos nas cidades de Limeira, Rio Claro, Piracicaba, Campinas, Sorocaba, Tatuí e Boituva. Todos os mandados de prisão foram cumpridos.

1 COMENTÁRIO

  1. GOstaria de saber se entre os presos esta o anjinho, cujo advovado estava armando o maior barraco, porque os homens da lei deteram o mesmo em seu escritório.
    Agora pergunto se estes nossos indesejados hóspedes irão permanecer na cadeia, ou daqui alguns dias estaram sendo beneficiados com liberdade provisória, voltando para as ruas, para nos prejudicarem novamente, porque infelizmente neste país as Leis so favorecem Bandidos e Vagaabundos.

Qual sua opinião? Deixe um comentário: