Obras na SP-316 seguem e término é para o final de julho.

Informação foi divulgada pelo Departamento de Estradas de Rodagem, que afirmou que ‘Siga e Pare’ é inviável

No dia 10 de março deste ano uma forte chuva atingiu a cidade de Rio Claro e na Rodovia Constantine Peruchi (SP-316), que liga Rio Claro a Santa Gertrudes, se abriu uma cratera. Na ocasião, um pedestre caiu no local e foi resgatado sem ferimentos. Após isso, o trecho foi interditado e passou por inspeções do DER e Defesa Civil.

Três meses depois, a interdição segue e as obras estão previstas para o final do mês de julho, segundo informações do Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

A princípio, o Departamento chegou a divulgar que, à medida que a obra avançasse, poderia adotar o sistema ‘Siga e Pare’ tão solicitado por motoristas que passam diariamente no local e estão precisando fazer um desvio, mas em nova nota o DER alegou: “Para maior segurança dos usuários e trabalhadores, não é recomendável operar por meio do sistema ‘Pare e Siga’ neste caso”.

As obras e serviços de reconstrução de galeria, pista, acostamento e ciclovia, no km 175+500m da Rodovia Constantine Peruchi, ocorreu em regime de dispensa de licitação, por se tratar de emergência. O investimento no local é de aproximadamente R$ 950 mil.

Mais em Dia a Dia:

Temperaturas seguem baixas até quinta (30)

Dia dos Bombeiros: a favor da população