Folhapress

Morreu nesta sexta-feira (8), aos 90 anos, Dalmo de Abreu Dallari, professor emérito da Faculdade de Direito da USP (Universidade de São Paulo), onde lecionou por décadas, tendo sido ainda diretor da instituição.

Dallari também teve atuação de destaque ao longo da ditadura militar em defesa dos direitos humanos.

Em comunicado, a família de Dallari afirma que ele morreu em decorrência de uma insuficiência respiratória. Deixa esposa, sete filhos, 13 netos e dois bisnetos.

O velório será realizado na Faculdade de Direito da USP, localizada no Largo de São Francisco, 95, no centro de São Paulo.

Dallari passou a integrar o corpo docente da Faculdade de Direito da USP em 1964, depois de concorrer à livre-docência em Teoria Geral do Estado.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

Prefeitura recapeou trechos no São Miguel

Rio Claro vacina contra a Covid a partir das 7h30