Na edição comemorativa de aniversário do JC em 09 de setembro deste ano, Colicchio foi destaque na capa como o único leitor que ainda utilizava a máquina de escrever para redigir os comentários enviados ao jornal.

Faleceu nesta terça-feira (20) em Rio Claro o bancário aposentado Luiz Aedno Colicchio, aos 81 anos. O aposentado também atuou na prefeitura municipal de Rio Claro, no setor de Finanças, e ficou conhecido pelas frequentes participações na coluna A Palavra é Sua, do Jornal Cidade.

Na edição comemorativa de aniversário do JC em 09 de setembro deste ano, Colicchio foi destaque na capa como o único leitor que ainda utilizava a máquina de escrever para redigir os comentários enviados ao jornal. Na entrevista, declarou a respeito da sua participação no jornal: “visa principalmente a desoneração da população e desenvolvimento positivo do município. O Jornal Cidade tem uma força muito grande, os artigos surgem das próprias matérias do jornal. Publicá-los é uma forma de lutar por uma vida mais justa com a população”.

O velório será realizado no Cemitério Parque das Palmeiras das 6:30h às 10:30h desta quinta-feira (22). O sepultamento será no mesmo local às 10:30h.

Colicchio deixa a viúva, dona Eulália Aparecida Garcia Colicchio; os filhos Giovana Colicchio casada com André Introvini, Aurélio Colicchio casado com Simone Naback Colicchio, Alexandre Colicchio casado com Sandra Moura Colicchio e Lucianna Colicchio casada com Carlos Gonzales. Deixa também os netos Laís, Helena, Yasmim, Cauã, Pedro, Lara, Vittor, Ana Clara, Luana e Luccas.

Mais em Dia a Dia: