Folhapress

Pesquisa realizada presencialmente pelo Instituto MDA, contratada pela CNT (Confederação Nacional do Transporte) e divulgada nesta terça-feira (30), aponta o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na liderança da corrida ao Palácio do Planalto, com 42,3% das intenções de voto na pesquisa estimulada -quando os entrevistados recebem uma lista prévia de candidatos.

O presidente Jair Bolsonaro (PL) aparece em segundo lugar, com 34,1%. Portanto, a diferença entre os dois é de 8,2 pontos percentuais.

Candidatos à presidência em ordem alfabética: Ciro Gomes (PDT), Constituinte Eymael (DC), Felipe D’ávila (NOVO), Jair Bolsonaro (PL), Léo Péricles (UP), Lula (PT), Pablo Marçal (PROS), Roberto Jefferson (PTB), Simone Tebet (MDB), Sofia Manzano (PCB), Soraya Thronicke (União Brasil) e Vera (PSTU).

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) registrou 7,3%, enquanto a senadora Simone Tebet (MDB) ficou com 2,1%.

O empresário Pablo Marçal (Pros) teve 0,4%; o cientista político Luiz Felipe D’Avila (Novo), 0,3%; o ex-deputado Roberto Jefferson (PTB), 0,2%; e o técnico em mecatrônica Leonardo Péricles (UP) e a sindicalista Vera Lucia (PSTU), 0,1% cada. Os demais candidatos não pontuaram.

Como a margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos, esses cincos candidatos empatam tecnicamente com Tebet, mas não com Ciro.

Para a pesquisa, o Instituto MDA realizou 2.002 entrevistas face a face (presenciais) entre os dias 25 e 28 de agosto. O nível de confiança é de 95%. O custo foi de R$ 197.400,00, e o registro no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) está sob o protocolo BR-00950/2022.

PRIMEIRO TURNO

Pesquisa estimulada

  • Lula (PT): 42,3%
  • Jair Bolsonaro (PL): 34,1%
  • Ciro Gomes (PDT): 7,3%
  • Simone Tebet (MDB): 2,1%
  • Pablo Marçal (Pros): 0,4%
  • Luiz Felipe D’Avila (Novo): 0,3%
  • Roberto Jefferson (PTB): 0,2%
  • Vera Lucia (PSTU): 0,1%
  • Leonardo Péricles (UP): 0,1%
  • José Maria Eymael (DC): 0%
  • Soraya Thronicke (União Brasil): 0%
  • Sofia Manzano (PCB): 0%
  • Branco/nulo: 5%
  • Indecisos: 7,8%

O levantamento CNT/MDA não pode ser comparado com o anterior, realizado em maio, porque houve mudança na lista dos candidatos. Em maio, Lula tinha 40,6%; Bolsonaro, 32%; Ciro, 7,1%, e Tebet, 2,3%.

Pesquisa espontânea

  • Lula (PT): 37,4%
  • Jair Bolsonaro (PL): 31,5%
  • Ciro Gomes (PDT): 4,4%
  • Simone Tebet (MDB): 1%
  • Outros: 0,4%
  • Branco/nulo: 5,3%
  • Indecisos: 19,9%

SEGUNDO TURNO

A pesquisa CNT/MDA projetou cinco cenários para o segundo turno. Lula venceria Bolsonaro, Ciro e Tebet.

Ciro e Bolsonaro empatariam na margem de erro, e o atual chefe do Executivo ganharia da senadora do MDB.

Lula x Bolsonaro
Lula (PT): 50,1%
Jair Bolsonaro (PL): 38,8%
Branco/nulo: 7,2%
Não sabe: 3,9%

Bolsonaro x Ciro
Ciro Gomes (PDT): 44,1%
Jair Bolsonaro (PL): 39,8%
Branco/nulo: 12,5%
Não sabe: 3,6%

Bolsonaro x Tebet
Jair Bolsonaro (PL): 41,6%
Simone Tebet (MDB): 35%
Branco/nulo: 18,8%
Não sabe: 4,6%

Lula x Ciro
Lula (PT): 46,8%
Ciro Gomes (PDT): 29,9%
Branco/nulo: 19,4%
Não sabe: 3,9%

Lula x Tebet
Lula (PT): 49,7%
Simone Tebet (MDB): 24,9%
Branco/nulo: 20,6%
Não sabe: 4,8%

SOBRE O INSTITUTO

O Instituto MDA, de Lavras (MG), foi fundado em 1988. Em 2012, tornou-se parceiro da CNT (Confederação Nacional do Transporte) e passou a realizar somente a pedido da confederação levantamentos sobre intenções de votos.

Segundo o próprio instituto, uma ou outra entrevista desses levantamentos pode ter sido realizada em pontos de grande fluxo de pessoas para garantir que o perfil do eleitorado esteja corretamente representado na pesquisa. Essa metodologia de entrevistas pessoais em residências segue como a principal do MDA.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Política: