Carine Corrêa

ObrasRotatoria29AsfaltoEmpilhado

As obras que estão sendo realizadas na rotatória da Avenida 29, na região do bairro Cidade Jardim, vêm provocando diferentes opiniões entre os motoristas que utilizam o trecho.

Para Margarida Rodrigues, os reparos que estão sendo feitos na rotatória estão prejudicando o trânsito local.

“Está uma bagunça. A sinalização não está indicando muito bem para o motorista as opções que ele tem”, falou.

Já o frentista José Adalto Barroso de Almeida elogia a intervenção e diz que desde o início das obras não houve registro de acidentes, conforme ele tem observado.

“Faz umas três semanas que começaram os serviços. A última vez que vi alguma anormalidade foi quando de um ônibus, que estava passando pela rotatória, vazou óleo, que derrubou pelo menos uns dez motociclistas. Desde então, não observei mais nenhum acidente”, comentou.

O principal benefício das interdições, segundo o frentista, está no desafogamento de veículos na rotatória, que em horários de pico registra fluxo intenso de automóveis e motocicletas.

Segundo informações da prefeitura, a nova rotatória vai reorganizar o trânsito de veículos na área, uma das mais movimentadas da cidade.

“O objetivo é melhorar o fluxo de veículos naquele ponto, a exemplo do que ocorreu com as rotatórias da Avenida 50-A e Avenida 80-A, entre outras intervenções similares realizadas no município nos últimos anos”, justificou em nota.

Recentemente, o trecho recebeu sinalização de solo inserido no novo modelo viário da Avenida 29.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

Nove estados anunciam Lei Seca para domingo

Aneel mantém bandeira tarifária verde para outubro