Hospedaria de Emaús é uma instituição de longa permanência para idosos, com 54 anos de história, abriga 87 idosos, incluindo um atendido desde 2004

Segundo assistente social, os itens mais necessários são arroz e açúcar; mas segundo a profissional, o que for doado com o coração, a instituição recebe

Fundada há 54 anos anos – celebrados recentemente, a Hospedaria Emaús está precisando de doação de alimentos. De acordo com Danieli Aparecida Quaglio, assistente social da instituição, as doações estão baixas e falta principalmente arroz e açúcar.

“Temos a consciência de que muitas pessoas que nos ajudam também ajudam outros lugares. Sabemos que muitos também doaram para o Rio Grande do Sul diante da catástrofe que atingiu o estado, temos plena noção de tudo isso, mas estamos precisando de alguns itens para que possamos seguir com o nosso trabalho. Alimentos de modo geral são essenciais, mas está faltando arroz e açúcar”, comenta a profissional.

Quaglio explica ainda que qualquer tipo de doação é bem recebida pela instituição.

“Recebemos todas as doações que nos encaminham, sendo feita com o coração, recebemos com todo amor do mundo, pois sabemos da importância da ajuda da comunidade para poder continuar realizando nosso trabalho”, explicou.

Para quem deseja doar os itens, a Hospedaria Emaús fica na Avenida 22, entre as ruas 13 e 14, 1482, no bairro Santana. É possível também fazer a doação de valores através do PIX do local, a chave é 46.649.372/0001-44 (CNPJ).

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (19) 3524-4922.

Números

Sem repasse de verbas, a instituição sobrevive através da renda que produz. São 87 idosos no total, sendo 32 vagas sociais.

Mais em Dia a Dia:

Um serviço mais que essencial

Trecho da Avenida 1 terá interdição nesta segunda (17)