Perspectiva da fachada que consta no projeto executivo da construção do Hospital Municipal no bairro Cervezão

Durante reunião com gestores da Fundação Municipal de Saúde, na manhã desta quarta-feira (7), o prefeito Gustavo reforçou a importância do empenho e total dedicação das equipes para que os planos de implantar um complexo de serviços de saúde no Grande Cervezão sejam efetivados o quanto antes.

“Aquela é uma região de Rio Claro que reúne mais de 40 mil habitantes e, além disso, um complexo de saúde lá vai melhorar muito a saúde da cidade como um todo”, afirmou Gustavo. Na reunião o prefeito anunciou o médico Rafael Garcia como novo diretor de Atenção à Saúde, em substituição ao médico Jair Vergínio Junior, que coordena o curso de Medicina do Claretiano. No lugar de Rafael Garcia, que era diretor de Urgência e Emergência, assumiu o médico Roberto José Borotti Filho.

Nesta semana, a Fundação de Saúde publicou edital de licitação para construir o Hospital Público Municipal no Cervezão, que terá 60 leitos e investimentos iniciais de cerca de R$ 10 milhões. O complexo de saúde do Cervezão terá ainda o pronto atendimento, a unidade básica de saúde, a farmácia municipal e o Caps (Centro de Atenção Psicossocial), serviços já instalados no mesmo quarteirão do bairro Cervezão. “Estamos adotando uma série de medidas para consolidar as melhorias implementadas no setor de saúde”, afirma Giulia Puttomatti, presidente da Fundação de Saúde.

A sua assinatura é fundamental para continuarmos a oferecer informação de qualidade e credibilidade. Apoie o jornalismo do Jornal Cidade. Clique aqui.

Mais em Dia a Dia:

As raízes italianas de Rio Claro

Rio Claro faz lançamento oficial das obras do Instituto Federal

1º caso de Covid no Brasil completa quatro anos nesta segunda (26)